30 de dez de 2011

 
 
 
Parece que vai mudar tudo, que vai zerar a conta, que os problemas vão embora e que algo sensacional vai acontecer.
Eu acho que inventaram o calendário e o final do ano para que os nossos corações renovem esperanças e se for somente por isso já é maravilhoso.

23 de dez de 2011

Eu queria ouvir a música que sai da sua boca quando você diz que sim. Eu queria ouvir a música que explode nos teus olhos quando eu vou te ver. Eu queria ouvir a música que corre até ao teu redor quando você sorri. Eu queria ouvir a música que acende o amor dos nossos pais. Eu queria ouvir a música que corre pelos rios e pelos matagais. Eu queria ouvir a música que emana do seu corpo na hora de dormir. Eu queria ouvir a música que a gente ouviu quando eu te conheci.

6 de dez de 2011



Então me vens e me chega e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para libertar novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteiro nas coisas que me contas, e assim calado, e assim submisso, te mastigo dentro de mim enquanto me apunhalas com lenta delicadeza deixando claro em cada promessa que jamais será cumprida, que nada devo esperar além dessa máscara colorida, que me queres assim porque assim que és...