30 de dez de 2011

 
 
 
Parece que vai mudar tudo, que vai zerar a conta, que os problemas vão embora e que algo sensacional vai acontecer.
Eu acho que inventaram o calendário e o final do ano para que os nossos corações renovem esperanças e se for somente por isso já é maravilhoso.

23 de dez de 2011

Eu queria ouvir a música que sai da sua boca quando você diz que sim. Eu queria ouvir a música que explode nos teus olhos quando eu vou te ver. Eu queria ouvir a música que corre até ao teu redor quando você sorri. Eu queria ouvir a música que acende o amor dos nossos pais. Eu queria ouvir a música que corre pelos rios e pelos matagais. Eu queria ouvir a música que emana do seu corpo na hora de dormir. Eu queria ouvir a música que a gente ouviu quando eu te conheci.

6 de dez de 2011



Então me vens e me chega e me invades e me tomas e me pedes e me perdes e te derramas sobre mim com teus olhos sempre fugitivos e abres a boca para libertar novas histórias e outra vez me completo assim, sem urgências, e me concentro inteiro nas coisas que me contas, e assim calado, e assim submisso, te mastigo dentro de mim enquanto me apunhalas com lenta delicadeza deixando claro em cada promessa que jamais será cumprida, que nada devo esperar além dessa máscara colorida, que me queres assim porque assim que és...

23 de nov de 2011

Não gosto que me peçam para ser boa, não me peçam nada, mesmo aquilo que eu posso dar. As relações de dependência me assustam. Não precisem de mim com hora marcada e por motivo concreto, precisem de mim a todo instante, a qualquer hora, sei ouvir o chamado silencioso da amizade verdadeira, do amor que não cobra, estarei lá sem que me vejam, sem que me percebam, sem que me avaliem.
 
Martha Medeiros

4 de nov de 2011


"Isso, vai, anda com os ombros sempre bem erguidos. Faz a borboleta ter vontade de pousar. E você nem desconfia que agora mesmo existe alguém de olho em coisas que nem você sabe. Alguém que sonha um dia te contar sobre seus próprios segredos - esses capazes de deixar qualquer um com toda vontade de pousar no seu ombro. E te adorar com todos os dentes."

Gabito Nunes

31 de out de 2011

Pois é...

‎Acorde, garota! Você é linda, inteligente, tem um ótimo perfume e seus olhos brilham mais que um punhado de purpurina. Por que chora? Perdeu em alguma esquina seu encanto?!
Ninguém pode tirar de você seu mais belo sorriso, motivo de idas e vindas saltitantes. Coloque sua música favorita para tocar, respire fundo e faça o que de melhor sabe fazer: ser você.

Caio Fernando Abreu


14 de out de 2011

Gosto de ser e de gente assim, que se compromete com a felicidade, de quem valoriza o que realmente vale a pena pra viver e tem um cotidiano aliviado.
Feliz é quem se aproveita do improvável, é rir de seus próprios tropeços e se pergunta: como isso foi me acontecer? Basta estar viva pra essas sensações um dia aliviarem a sua alma, e o gosto único de renovação tomar conta da sua mente. Feliz de quem consegue se deixar em paz, quem não se tortura por ter sido contrariada e nem se castigam por não terem sido o suficiente. Apenas sabem que fizeram o melhor que puderam.
Somos o que somos, e estou feliz como sou! :)

Soundtrack:

12 de out de 2011

Em algum dia, quando a tempestade esvaziar a mente, e o frio não se fizer presente, estarei com você e os pássaros cantarão em nossa janela, sim, com flores enfeitando. Mas nada disso será minha culpa , porque eu despertarei nos teus braços e ficarei em silêncio, nenhuma palavra será soada, pra não estragar a alegria desse instante.
 
Patty Vieira

9 de out de 2011


Todas as pessoas têm marcas doloridas em vários lugares inesperados. Como uma caixa de pandora de suas histórias. Mapas de suas cicatrizes.
Grande parte de nossas feridas podem sarar, deixando apenas lembranças. Mas algumas são incuráveis, levamos conosco pra todos os lugares. O corte pode não ser mais visível, mas a marca por ele deixado fica ali nos lembrando a todo momento.
Quem sabe essas feridas venham nos ensinar algumas coisas. Elas servem pra lembrar aonde estivemos e o que foi superado, nos alertam de como não devemos mais fazer outras vezes. É a forma mais cômoda de pensar. Mas infelizmente não é como acontece, é? Algumas coisas temos que aprender repetidas vezes...sempre, sempre e sempre... que venham as lições!

8 de out de 2011

É mesmo uma desordem, mas é uma desordem funcional. Tropeçando no caminho entre tentativas, erros e acertos, perdida no inevitável. Em meio ao caos, outras possibilidades vão se revelando diante de mim. A mente busca lembranças, mas não para de pensar no futuro. Um vazio pertubador em que a nostalgia toma conta do peito contrapondo a bravura  que me sacode e me manda caminhar. Me encontro assim confusa, sem disfarce e cheia de coragem tentando o melhor que posso ser. Otimista como sempre fui, buscando a minha melhor versão.

Patty Vieira

3 de out de 2011

 
 
Ô minha filha, as suas dores não são as maiores do mundo e nem vão ser. Sacode a poeira, toma um banho de rio. Abre essas asas. Grita alto, chora baixo. Pula alto e cai de cara. Desenha toda a beleza do mundo. Compra uma caixa de lápis de cor e sai aí colorindo a vida."

 
Tati Bernardi


2 de out de 2011

 
 
Não passam as dores, também não passam as alegrias. Tudo o que nos fez feliz ou infeliz serve pra montar o quebra-cabeça da nossa vida, um quebra-cabeça de cem mil peças. Aquela noite que você não conseguiu parar de chorar, aquele dia que você ficou caminhando sem saber para onde ir, aquele beijo cinematográfico que você recebeu, aquela visita surpresa que ela lhe fez, o parto do seu filho, a bronca do seu pai, a demissão injusta, o acidente que lhe deixou cicatrizes, tudo isso vai, aos pouquinhos, formando quem você é. Não há nenhuma peça que não se encaixe. Todas são aproveitáveis. Como são muitas, você pode esquecer de algumas, e a isso chamamos de "passou". Não passou. Está lá dentro, meio perdida, mas quando você menos esperar, ela será necessária para você completar o jogo e se enxergar por inteiro.
Martha Medeiros

30 de set de 2011

 
 
“Então não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer. Eu não preciso do seu dinheiro. Muito menos do seu carro. Mas, talvez, eu precise dos seus braços fortes. Das suas mãos quentes. Do seu colo pra eu me deitar. Do seu conselho quando meu lado menina não souber o que fazer do meu futuro. Eu não vou te pedir nada. Não vou te cobrar aquilo que você não pode me dar. Mas uma coisa, eu exijo. Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, mais corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade. Não me venha com falsas promessas. Eu não me iludo com presentes caros. Não, eu não estou à venda. Eu não quero saber onde você mora. Desde que você saiba o caminho da minha casa. Eu não quero saber quanto você ganha. Quero saber se ganha o dia quando está comigo.”
 
 
Caio Fernando de Abreu

28 de set de 2011

"Tem coisas que Deus para a gente aprender.
 E tem coisas que Deus só dá
quando a gente aprende."

 
Tati Bernardi

26 de set de 2011



Eu não estou me reconhecendo, mas estou me observando. Não estou alegre como de costume, mas também não estou triste. Contemplar o coração também é uma estrada que deve dar em algum lugar melhor.

Denise Portes

24 de set de 2011



"Aprenda a lidar com a solidão. Aprenda a conhecer a solidão. Acostume-se a ela, pela primeira vez na sua vida. Bem-vinda à experiência humana. Mas nunca mais use o corpo ou as emoções de outra pessoa como um modo de satisfazer seus próprios anseios não-realizados."

Elizabeth Gilbert em Comer Rezar Amar

21 de set de 2011

Ontem chorei. Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser. Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido. Pelo que queríamos que fosse e não foi. Pela renúncia. Por valores não dados. Por erros cometidos. Acertos não comemorados. Palavras dissipadas.Versos brancos. Chorei pela guerra cotidiana. Pelas tentativas de sobrevivência. Pelos apelos de paz não atendidos. Pelo amor derramado. Pelo amor ofendido e aprisionado. Pelo amor perdido. Pelo respeito empoeirado em cima da estante. Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa. Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados. Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua. Nossa culpa. Por tudo que foi e voou. E não volta mais, pois que hoje é já outro dia.  Chorei. Apronto agora os meus pés na estrada. Ponho-me a caminhar sob sol e vento. Vou ali ser feliz e já volto.

Caio Fernando Abreu


16 de set de 2011

 
 
Vamos, não chores...
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.
O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.


Carlos Drummond de Andrade

15 de set de 2011

Te desejo uma fé enorme, em qualquer coisa, não importa o quê, como aquela fé que a gente teve um dia, me deseja também uma coisa bem bonita, uma coisa qualquer maravilhosa, que me faça acreditar em tudo de novo, que nos faça acreditar em tudo outra vez, que me leve para longe da minha boca este gosto podre de fracasso.
Caio Fernando Abreu

14 de set de 2011

Eu me lembrei que fugir, às vezes, é necessário para recuperar o fôlego. Para restaurar a força.
 
Ana Jácomo

12 de set de 2011

 
 
"Não deixe portas entreabertas. Escancare-as ou bata-as de vez. Pelos vãos, brechas e fendas passam apenas semiventos, meias verdades e muita insensatez."
 
Cecília Meireles
 

11 de set de 2011

10 de set de 2011

Felicidade não conhece o tempo. Ela chega com um sorriso, no começo da manhã ou na chegada das primeiras estrelas. Felicidade se acomoda no fundo da alma. Cria um canto onde te faz encontrar com primaveras, setembros, passarinhos, crianças e todas as coisas que te faz sorrir. Os que já sofreram muitas dores aprenderam a dar espaço pra ela. Felicidade bem cuidada não tem medida. Ela só cresce.

Vanessa Leonardi

26 de ago de 2011

Se procuro entre minhas lembranças as que me deixaram um gosto durável, se faço o balanço das horas que valeram a pena, certamente só encontro aquelas que nenhuma fortuna do mundo teria me presenteado.
 
Antoine de Saint-Exupéry

16 de ago de 2011



Me liberta, me expulsa de mim. Mostra uma arte verdadeira, sem ensaios e apresentações semestrais. Quero perder a garantia por uso excessivo, gastar os saltos dos meus sapatos. Eu não quero nada impossível, quero realidade. Quero alma e vida de verdade.
Verônica Heiss

11 de ago de 2011

"Engasga. Engole as palavras. Tosse para respirar. Mas se o nó na garganta apertar... diz tudo! E desnuda a alma."

Fernanda Mello

10 de ago de 2011

 
Não é que pensei outra coisa de gente grande?
Esta é assim: tudo que parece meio bobo é sempre muito bonito, porque não tem complicação.
Coisa simples é lindo.

Caio Fernando Abreu

2 de ago de 2011

Preciso de alguém que eu possa estender a mão devagar sobre a mesa pra tocar a mão quente do outro lado e sentir uma resposta como - eu estou aqui, eu te toco também.

Caio Fernando Abreu

27 de jul de 2011

"Não há limite de tempo, comece quando você quiser. Você pode mudar ou ficar como está, não há regras para esse tipo de coisa. Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa, espero que encare de forma positiva; espero que veja coisas que surpreendam você; espero que sinta coisas que nunca sentiu antes; espero que conheça pessoas com ponto de vista diferente; espero que tenha uma vida da qual você se orgulhe. E se você descobrir que não tem, espero que tenha forças para conseguir começar novamente!”

(O Curioso Caso de Benjamin Button – Filme)

26 de jul de 2011

“O eixo da calmaria é o teu coração. É aí que Deus vive dentro de ti. Portanto, para de procurar respostas no mundo. Limita-te a regressar a esse centro e aí encontrarás a paz.”

(Elizabeth Gilbert - Comer, Rezar e Amar.)

25 de jul de 2011




Inconscientemente, parecia querer buscar em autores, filmes e músicas, algum tipo de consolo. Como se alguém precisasse chegar bem perto do sofá, onde estava, colocar um das mãos em seu ombro e dizer que aquilo era normal. Que acontecia também com outras pessoas. E que iria passar.

Caio Fernando Abreu

24 de jul de 2011



"Não era qualquer coisa que iria endireitar meu espírito. Nem qualquer sacanagem que me encantaria. Ou qualquer meio beijo que me faria ficar. Eu precisava de outras coisas pra topar fechar os olhos e pular no abismo de alguém. Precisava de céu que significasse mais do que um azul infinito, precisava entender porque eu queria tanto ver o mar. E precisava de alguém que não quisesse fazer meu coração em picadinhos pra caber no próprio peito, e aceitasse ele inteiro, gigante."

Camila Heloíse

23 de jul de 2011

No fim sereis sempre o que sois.
Por mais que os pés sobre altas solas coloqueis,
E usei perucas de milhões de anéis,
Haveis de ser sempre o que sois.


Goethe

21 de jul de 2011

Deepak Chopra escreveu: “Sejam quais forem os relacionamentos que você atraiu para dentro de sua vida, numa determinada época, eles são os relacionamentos de que você precisava naquele momento.”Quando você estiver preparado para fazer uma coisa nova, você fará, com pessoas novas. Há gente à espera da pessoa na qual você está se transformando. É provável que você ainda não esteja pronto para conhecê-las. A cada momento específico, cada um de nós está passando pelo processo de ser e de se tornar.
Estamos aprendendo o máximo que podemos. A estrada tem curvas e estamos sendo preparados para lidar com o que nos aguarda a cada curva.

Obrigada, meu Deus, por ter feito as curvas da estrada! Obrigada por nos amar o suficiente para nos dar apenas aquilo com que conseguimos lidar no momento em que acontece!

Obrigada, meu Deus, por permitir que o curso do processo da vida seja lento e suave.

Do livro: Um dia minha alma se abriu por inteiro.

27 de jun de 2011


Com o exemplo da ostra é fácil entender que sem luta a vida é estéril e infecunda. Mas quando a vida contém lutas que são enfrentadas com valor, produz-se uma jóia. E se um molusco acéfalo pode fazer uma pérola. O que o ser humano dotado de inteligência e sensibilidade, pode fazer quando decide lutar com entusiasmo?

Flávia Camargo da Silva santos

26 de jun de 2011


Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora.
Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Não espere que: devolvam algo, que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor.
Pare de ligar sua televisão emocional e assistir ao mesmo programa. Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".
Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo. Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.

Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é.
Estamos em constante transformação!

25 de jun de 2011

Ei! Sorria...Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com seu sorriso, assim como eu.

Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Deles depende a sua felicidade completa.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom, em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distância e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe a sua volta, quantos amigos...

Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho, em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.

Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça...Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba...faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,

Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom, dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você...não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que...te adoro, simplesmente porque você existe.
Charles Chaplin

24 de jun de 2011



Renova-te.
Renasce em ti mesmo.

Multiplica os teus olhos, para verem mais.
Multiplica-se os teus braços para semeares tudo.
Destrói os olhos que tiverem visto.
Cria outros, para as visões novas.
Destrói os braços que tiverem semeado,
Para se esquecerem de colher.
Sê sempre o mesmo.
Sempre outro. Mas sempre alto.
Sempre longe.
E dentro de tudo.

Cecília Meireles

23 de jun de 2011

Seja algo que você ama e entende. 
Esqueça o resto, 
tudo que você precisa 
está na sua alma...
e em seu coração.

Caio Fernando Abreu

17 de jun de 2011

 
Penso em você principalmente 
como a minha possibilidade de paz
- O único que pintou até agora,
 "nesta minha vida de retinas fatigadas".
E te espero.
E te curto todos os dias.
E te gosto.
Muito.
 
Caio Fernando Abreu

15 de jun de 2011

...dever de sonhar, de sonhar sempre, pois sendo mais que um espetáculo de mim mesmo, eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso.
E assim, me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palcos,
cenários para viver o meu sonho
entre luzes brandas e músicas invisíveis...


Fernando Pessoa

14 de jun de 2011

12 de jun de 2011





O casal mais famoso de Brasília, talvez do Brasil.

"e quem irá dizer que não existe razão?"


Podes duvidar que há fogo nas estrelas
Duvidar que o sol que nasceu vai se pôr
Duvidar das verdades, se não queres crê-las
Mas nunca duvides do meu amor.


William Shakespeare

11 de jun de 2011



Faz frio hoje. O inverno está chegando. Estranho, o inverno sempre me deixa um pouco mais profundo. Me volto para dentro de mim mesmo, tenho a impressão exata de que me pareço com um dos plátanos da praça aí de baixo: hirto, seco, mas guardando alguma coisa por dentro. Quem sabe se essa tristeza que tenho, tão parecida com esse frio envergonhado de não ser frio — quem sabe, se não é apenas o derrubar das folhas?
Caio Fernando Abreu

10 de jun de 2011


"A gente se arrisca porque gosta de chorar de vez em quando.
E se arrisca mais forte ainda porque gosta de sorrir também,
digo eu, que não gosto (nem um pouco) do verbo prender.
Prender o riso. Prender o choro.
Prender o grito. Prender o verbo.
Faz a gente deixar de ser, a gente.
Prefiro dar. Entregar. Partilhar. Entrelaçar.” 
Vanessa Leonardi

7 de jun de 2011

A única verdadeira viagem de descobrimento não consiste em buscar novas paisagens, mas em ver com outros olhos.

Marcel Proust


“Tomara que a gente não desista de ser quem é por nada nem ninguém deste mundo. Que a gente reconheça o poder do outro sem esquecer do nosso. Que as mentiras alheias não confundam as nossas verdades, mesmo que as mentiras e as verdades sejam impermanentes.  Que friagem nenhuma seja capaz de encabular o nosso calor mais bonito. Que, mesmo quando estivermos doendo, não percamos de vista nem de sonho a ideia da alegria. Tomara que apesar dos apesares todos, a gente continue tendo valentia suficiente para não abrir mão de se sentir feliz” .

Caio Fernando Abreu

6 de jun de 2011



Quero você aqui, no meio das minhas coisas, meus livros, discos, filmes, minhas ideias, manias, suspiros, recortes. Respirando o mesmo ar e todas coisas que alimentam àquela nossa, tua, minha inesgotável saudade. Entra, não pergunte se pode ficar. Vem e fica.
Gabito Nunes


5 de jun de 2011

Me desapeguei de algumas coisas, para alcançar
outras, alçar novos vôos, meu comprometimento é
com essências, não vivo de aparências, abandonei
hábitos e pessoas pelo caminho, que deixaram-me
mais leves, mais livre para seguir meu coração...

Hoje eu quero viver para afagar,
viver para amar!

Cíntia Gasparetto

1 de jun de 2011

Confesso que ando muito cansado, sabe? Mas um cansaço diferente. Um cansaço de não querer mais reclamar, de não querer pedir, de não fazer nada, de deixar as coisas acontecerem.

Caio Fernando Abreu

30 de mai de 2011


Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais. Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.

Lya Luft

29 de mai de 2011

A depender de mim
Os psicanalistas estão fritos
Eu mesmo é que resolvo os meus conflitos
Com aspirina, amor ou com cachaça
Os gritos todos virarão fumaça
A dor é coisa que dói e que passa
Curar feridas só o tempo há de.

Zeca Baleiro


28 de mai de 2011


O amor é provado no fogo, na dura experiência de dar a vida pelo outro. Caso contrário, não é amor; é ilusão. Você sabe que alguém o ama não pelo que ele fala, mas pelo que faz. O amor não sobrevive de teorias. Palavras sem gestos não edificam.
Pe. Fabio de Melo

27 de mai de 2011

26 de mai de 2011

Paz é o plantio de boas ações. É o cuidado com as palavras. É a paciência no meio da tormenta. Paz é uma sensação para poucos. É uma sensação que não é quente, não é frio e muito menos morno. Te faz leve e segura. Segura pra dizer que suas verdades mudam com o tempo. Mas seus valores não.

Vanessa Leonardi

22 de mai de 2011



Eu poderia ter o mesmo pai, a mesma mãe, ter frequentado o mesmo colégio e tido os mesmo professores, e seria uma pessoa completamente diferente do que sou se não tivesse lido o que eu li. Foram os livros que me deram consciência da amplitude dos sentimentos. Foram os livros que me justificaram como ser humano. Foram os livros que destruíram um a um meus preconceitos. Foram os livros que me deram vontade de viajar. Foram os livros que me tornaram mais tolerante com as diferenças.

Martha Medeiros

20 de mai de 2011



"O tempo todo. Acho que a felicidade é uma espécie de susto; quando você vê, já aconteceu. Ela é justamente uma construção pequena de todos os dias. É como se estivéssemos fazendo uma casa que, a cada dia, precisamos fazer mais um pouquinho. A felicidade não é o resultado da 'casa final', mas a alegria de saber que você a está construindo..."

Pe. Fábio de Melo

19 de mai de 2011

Porque alguém disse e eu concordo que o tempo cura, que a mágoa passa, que decepção não mata, e que a vida sempre, sempre continua.

Simone de Beauvoir

18 de mai de 2011



Trilhando o lado de cá.
Ficar bem nem sempre deixa outras opções. É estranho quando as coisas simplesmente têm que terminar. É o estágio onde todos os sentimentos já evoluíram para um nada. É o nada que você optou para parar de sentir dor. No início você briga, chora, faz drama mexicano. Então percebe que é cansativo demais manter esse jeito de levar as coisas. Acostuma-se... Não que pare de doer, mas que cai no seu entendimento que às vezes não há solução. No fim você coloca um sorriso no rosto e finge que é sincero, até que a vida o faça realmente ser. Talvez os amores eternos sejam amenos e os intensos, passageiros. É isso.

Caio Fernando Abreu


17 de mai de 2011

Frequenta o abandono quem vive um quase namoro, fantasia reciprocidade, 
aceita abraço frouxo, conversa sem olho no olho, ausência de carícia.
 
Frequenta o abandono quem vê na recusa uma possibilidade de mudança 
ignorando os sinais óbvios da distância.
   
Frequenta o abandono quem não reconhece que ser bem tratada 
não é um mérito, mas uma condição e chama migalha de banquete.
  
Frequenta o abandono com assiduidade quem se contenta com tão pouco 
que o outro para mantê-la pode dar cada vez menos...
Ser bem tratada não é um mérito, é uma condição.
 
O mínimo que alguém pode fazer por mim 
é estar comigo ao máximo.


(Marla de Queiroz)