30 de dez de 2010

Filme: Um quarto em Roma


Em um quarto, por 12 horas, duas mulheres vivem momentos de prazer, paixão, confissões e intimidade. Deixam-se levar uma no terreno desconhecido da outra, até se descobrirem nesse curto período um Amor completamente novo. Filme sensível, delicado, doce e envolvente.
Não é um filme sobre certezas, mas sobre dúvidas. Sobre duas almas que buscam, na noite final, um sentimento de libertação. 
Me fez pensar sobre como em tão pouco tempo, duas pessoas podem atingir tanta cumplicidade, afeição e necessidade. Acredito piamente nessa possibilidade, não é só em filmes que isso pode acontecer, mas é um encontro raro. Infelizmente!
Pensei também se o Amor não é feito apenas de um momento e depois tudo acaba, uma ilusão grandiosa, ou se é o maior de todos os presentes de Deus.
É um belo filme!

Nenhum comentário:

Postar um comentário