4 de jan de 2012

E então que agora cuido bem de mim, do que sinto, faço e agrego. Cuido das minhas pessoas e constantemente penso na importância que elas tem na minha vida. Reajustando-me, adaptando-me e perguntando-me... a partir de agora só será levado em conta o necessário, e desligado o que não tiver importância, abrindo mão sempre que for preciso mas pensando sempre na beleza do verbo permanecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário