4 de mar de 2011

Feliz é a inocente vestal!
Esquecendo o mundo e sendo por ele esquecida.
Brilho eterno de uma mente sem lembranças
Toda prece é ouvida, toda graça é alcançada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário