31 de ago de 2010

Ahhh o amor...


O amor tem o poder de transformar o que é desconcertante em intimidade. Torna o que é bobo, sagrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário